quinta-feira, 31 de agosto de 2017

BEXIGA "CAÍDA" ?

Prolapso da bexiga

O prolapso da bexiga (conhecido como cistocele) é uma doença na qual a bexiga desce na vagina.
Uma bexiga caída é uma condição em que a parede entre a bexiga urinária e a vagina enfraquece, causando um deslizamento da bexiga da sua posição anatómica.
A bexiga femenina desce gradualmente na vagina causando dor durante a micção.
Esta doença também é conhecida como prolapso da bexiga ou cistocele. Em alguns casos, pode ocorrer o esvaziamento da bexiga com a tosse, rindo ou durante espirros mínimos.
A cistocele pode ser classificada em três graus:
  • Grau 1 (a bexiga desce na vagina, é leve),
  • Grau 2 (a bexiga quase cai na abertura vaginal),
  • Grau 3 (a bexiga sobressai da abertura vaginal).
  • Imagem relacionada

Mais de uma vez, uma mulher que sofre desta desordem devido a esforço muscular intenso durante o parto, um levantamento de pesos pesados ou evacuação intestinal forçada.Causas de prolapso da bexiga
Na maioria das mulheres, a parede vaginal pós-parto recupera a força ao longo do tempo.
No entanto, no caso de mulheres que deram à luz a muitas crianças, pode ocorrer que a parede vaginal não recupera a força.
Essas mulheres têm o risco de haver um prolapso.
O estrógeno é um hormônio responsável pela saúde dos músculos vaginais e de uma forte parede vaginal.
Após a menopausa, a produção de estrógeno pára.
O enfraquecimento dos músculos do assoalho pélvico pode causar o problema.
Essa situação pode ocorrer em uma pessoa cujo trabalho requer o levantamento de objetos pesados.
Pode ocorrer devido à pressão exercida pelo esforço durante a defecação.
O esforço causado pela tosse durante um longo período de tempo ou uma prisão de ventre de longo prazo pode afetar a força dos músculos pélvicos.
Em alguns casos, a gravidez pode causar um prolapso da bexiga devido à pressão do bebê sobre a bexiga.

 Sintomas de prolapso da bexiga
  • O paciente pode ter uma sensação de plenitude na área vaginal e na bacia.
  • Uma sensação de evacuação incompleta após a micção
  • A presença de algo que sobressai da vagina.
  • Incontinência urinária (causada por tosse, risada, espirros, etc).
  • Perda de urina durante a relação sexual.
  • Dificuldade de esvaziar a bexiga
  • Às vezes inchaço na vagina
  • Sensação de pressão na vagina
  • Dor na coluna lombar
  • Dor vaginal durante a relação sexual
  • Dor no baixo ventre
  • Infecção da bexiga (recorrente).

Diagnóstico do prolapso da bexiga
O médico especialista indicado para tratar o prolapso da bexiga é o ginecologista.
Se o médico suspeita de um cistocele, examina a história clínica completa da mulher junto com sinais físicos.
As mulheres nos anos da menopausa e aquelas que tiveram muitos partos têm um risco maior de desenvolver este problema em relação as outras.
Para confirmação das anomalias de bexiga, geralmente é efetuada uma uretrocistografia miccional.
A uretrocistografia miccional é um exame em que é efetuada uma radiografia da bexiga durante a micção.
Isso ajuda o médico a examinar a forma da bexiga.
Também ajuda a verificar os problemas relacionados com o fluxo de urina.
Quando os médicos são capazes de determinar o grau de prolapso da bexiga, podem recomendar os cuidados mais adequados.
Resultado de imagem para prolapso de bexiga em mulheres
O que fazer? Tratamento para prolapso da bexiga
O tratamento para cistocele baseia-se na gravidade. Para os casos leves sem sintomas, o tratamento envolve alguns exercícios de kegel e a reabilitação perineal.
Em casos moderados, é aconselhável usar um pessário.
Esta ferramenta é um anel de borracha que você insere na vagina e a bexiga permanece na sua posição normal.
Com base na adequação e conforto, o médico pode recomendar um pessário ao paciente.
Às vezes (como alternativa), recomendamos um tampão ou um diafragma.
Na maioria das vezes, esta é uma solução temporária antes da cirurgia.
Os médicos também recomendam um tratamento com estrogênio para pessoas que sofrem de sintomas da menopausa.
Isso é feito para manter os músculos pélvicos fortes, dado que eles podem ter sofrido degeneração devido à falta de estrogénio após a menopausa.
Às vezes, os médicos podem recomendar a remoção do útero (histerectomia) se houver um prolapso deste órgão junto com o da bexiga. Com a recorrência de cistocele, recomendamos o tratamento cirúrgico.
Em casos graves, é recomendada a cirurgia, onde o médico coloca a bexiga no lugar.
Geralmente é o ginecologista ou o urologista que efetua a operação.

Remédios naturais para prolapso da bexiga
Entre as soluções para prolapso da bexiga de primeiro grau, a osteopatia pode ajudar a reduzir a pressão sobre a bexiga.
O osteopata deve reduzir a ptose (descida) dos órgãos viscerais que empurram a bexiga.
Sucessivamente deverá reduzir a tensão dos ligamentos que empurram a bexiga.

Cirurgia para prolapso da bexiga
A cirurgia é indicada se o paciente tem um prolapso bem visível da vagina e tem problemas na realização das atividades diárias.
Não devemos confundir a operação cirúrgica para prolapso uterino com aquela para o prolapso da bexiga.
No entanto, se um paciente sofre de ambas as doenças, o médico pode realizar uma única operação para resolver estes problemas.
De acordo com a preferência e a saúde geral do paciente, a cirurgia pode ser realizada usando o método tradicional ou a laparoscopia.
Em ambos os casos, a duração da operação é cerca de 1 hora.
Quando você está no hospital, o cirurgião realiza testes para verificar os sinais vitais antes da cirurgia.

O que ocorre durante a cirurgia para prolapso?
Os casos graves de prolapso podem ser resolvidos apenas com cirurgia para reposicionar os órgãos que caíram e restaurar a estrutura de suporte.
A operação é feita sob raquianestesia (o paciente permanece acordado na metade superior do corpo) ou anestesia geral.
A cirurgia é bastante simples:
  • O cirurgião faz uma incisão na vagina e em seguida, aplica uma malha biocompatível e não absorvível no tecido para suportar a vagina.
    Esta malha, pode ser colocada na frente ou atrás da parede da vagina, ou ambos, de acordo com o tipo de prolapso.
  • Outra malha pode ser colocada na parte superior da vagina ou na cérvix para suportar a vagina.
Após a operação, se administram antibióticos para reduzir a possibilidade de infecção da bexiga.
No caso de prolapso geral a nível pélvico existe uma nova técnica cirúrgica chamada de POPs (Pelvic Organs Prolapse Suspension).
Esta cirurgia é feita em laparoscopia permite resolver simultaneamente a descida do útero, bexiga e do reto através da inserção de uma prótese.

 
Recuperação pós-operatória para prolapso da bexiga
Para a maioria dos pacientes operados, a hospitalização dura 2-3 dias.
O tempo de convalescença nas mulheres que se submeteram a uma cirurgia a céu aberto para prolapso da bexiga é maior do que em caso de técnica laparoscópica minimamente invasiva.
Durante o período de recuperação pós cirurgia para queda da bexiga, o médico examina os curativos e hábitos urinários das pacientes que estão autorizadas a ir para casa quando elas urinam sem dor.
Durante o período de recuperação de uma cirurgia para cistocele, recomenda-se descansar e evitar levantar objetos pesados.
Os fios de sutura colocados na área da incisão geralmente se absorvem dentro de 8-12 dias, embora a recuperação completa ocorre dentro seis semanas.
Atividade física: As caminhadas diárias são recomendadas após a cirurgia.
O posição sentada por muito tempo ou na cama deve ser evitada pois pode aumentar o risco de formação de coágulos de sangue nas pernas, bem como desenvolver uma pneumonia.
Subir escadas é possível, mas apenas alguns degraus.
Não é possível dirigir pelo menos 2 semanas após a cirurgia.
Absolutamente nenhum levantamento de objetos pesados (mais de 20 kg) ou treino (corrida, natação, esteira, bicicleta) por 6 semanas ou até a data definida pelo médico.
A maioria dos pacientes pode retornar as atividades diárias cerca de 3 semanas após a cirurgia.
Atividade sexual: se é necessária uma incisão vaginal durante a cirurgia, a paciente pode sentir dor durante a relação sexual.
Portanto a paciente deve abster-se de relações sexuais por 4-6 semanas após a operação.
Dieta: sem restrições. Beber muitos líquidos.
Como para qualquer tipo de cirurgia, neste caso também há efeitos colaterais e complicações.
Alguns fatores de risco são: infecção, dor na região da incisão e dor durante a relação sexual.
Estas situações são temporárias e cessam com um tratamento pós-operatório adequado.
Para atenuar estes fatores, é necessário manter os bons hábitos intestinais, evitar absolutamente os esforços e não ter relações sexuais por 1 mês e meio.
As complicações graves da cirurgia para um prolapso da bexiga incluem:
fonte: www.fisioterapiaparatodos.com/p/dor-na-bexiga/prolapso-da-bexiga/

domingo, 21 de junho de 2015

INCONTINÊNCIA URINÁRIA FEMININA

INCONTINÊNCIA URINÁRIA FEMININA
   É definida, pela International Continence Society, como perda involuntária de urina suficiente para causar problema higiênico ou social e que pode ser objetivamente demonstrada. A incidência de incontinência urinária feminina aumenta com a idade, atingindo 25% após a menopausa.
     Importante salientar que a perda involuntária de urina atua de forma devastadora na qualidade de vida da mulher, porém pode ser adequadamente tratada.

Principais Causas da Incontinência Urinária:
     O sistema nervoso autônomo é responsável pelo controle da eliminação de urina, porém alguns fatores predispõem o aparecimento da IU, que são:

- Debilidade e/ou comprometimento da musculatura dos esfíncteres ou do assoalho pélvico;
- Gravidez e partos vaginais;
- Alterações hormonais;
- Doenças do colágeno;
- Neuropatias;
- Infecções urinárias de repetição;
- Tumores malignos e benignos;
- Doenças que comprimam a bexiga;
- Sobrepeso e obesidade;
- Tosse crônica (comum em fumantes);
- Patologias que geram pressão abdominal (doenças pulmonares obstrutivas e etc);
- Bexigas hiperativas que contraem independentemente da vontade do portador;
- Procedimentos cirúrgicos (EX: histerectomia).

Possíveis Sintomas:
Incontinência urinária de esforço – o sintoma inicial é a perda de urina quando a mulher tosse, ri, faz exercício, e até movimenta-se;
Incontinência urinaria de urgência – mais grave do que a de esforço, caracteriza-se pela vontade súbita de urinar e a pessoa perde urina antes de chegar ao banheiro;
Incontinência mista – associa os dois tipos de incontinência acima citados e o sintoma mais importante é a impossibilidade de controlar a perda de urina.

Pilates X Incontinência Urinária:
     O Pilates trabalha diretamente com o fortalecimento muscular do corpo atuando inclusive na musculatura que constitui o assoalho pélvico (períneo). Sendo assim, é possível diminuir os episódios de perda urinária, aumentar a consciência corporal da mulher perante o trato urinária e incrementar o controle miccional, resultando numa maior qualidade de vida para esta mulher.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

ESPECIAL DIA DAS MÃES 2015

ESPECIAL DIA DAS MÃES 2015



Regras das promoções

  • válidas somente no mês de maio de 2015
  • cada sessão restrita a área escolhida desde o início do tratamento e com duração de  1h cada
  • agendamento de acordo com  a disponibilidade
  • sessões sem cancelamentos ou reposições
  • falta considerada sessão realizada
  • atrasos descontados durante o atendimento e com limite de 15 min , e a sessão será considerada realizada
  • promoção direcionada e comprovado para mãe e filha
  • pagamentos à vista com 5% desc no dinheiro ou cartão de crédito parcelado de acordo com a promoção já anunciada
  • promoção estética : para ela inclui 10 sessões de corrente russa + 4 sessões de lipocavitação + 10 sessões de endermoterapia (5x 99,00 ou a vista 470,25 ) e para você 10 sessões de drenagem linfática (3x 119,00 ou a vista 440,00)

  • promoção pilates: para você adquirindo um pacote trimestral no valor de                           509,25  ( á vista 485,00 ou 2x  255,00) para 2x semana)                                                       640,00  ( á vista 620,80 ou 2x 320,00  para 3x semana)
  • promoção direcionada e comprovado para mãe e filha
  • parcelamentos somente no cartão de crédito     
  • ela ganha 1 mês de pilates grátis ; não incluído a avaliação e matrícula que sai no valor de 30,00 para cada uma; e pagamento no dinheiro
  • as aulas gratuitas não terão opção de reposição ; atrasos descontados durante o atendimento e com limite de 15 min a mais a sessão será considerada realizada
  • pilates no pacote trimestral cancelamentos somente com 24h de antecipação e reposição conforme disponibilidade e dentro do mês  vigente e no máximo de 2 aulas no mês
  • falta considerada sessão realizada
Outras dúvidas entre em contato